29 de agosto de 2012

Até quando?

Até quando?

Minha mente tem se confrontado com um turbilhão de sentimentos. Uma grande confusão dentro de mim. É incrível saber como nosso cérebro tem a capacidade de armazenar tantos pensamentos e experiências vividas. Tenho estado muito pensativa nesses dias. Procurado entender muitas coisas, e dentre elas “pra que” Deus tem me deixado viver situações que tanto tem ferido meu coração, e me permitido sentir-me tão humilhada diante das circunstâncias. Não me atreveria duvidar do teu poder Pai, sabe disso! Mas confesso que me pergunto? Será que o Senhor irá realizar em minha vida algumas coisas que estão dentro de mim? Talvez não quisesse. Não sei. Creio que me ama muito! E que eu nada seria se não fosse o Senhor. Mas tenho me machucado por algumas escolhas erradas que tenho feito, ou por deixar de fazer o que era necessário. Reconheço que sou a responsável pelos resultados, mas poderia me impedir de fazer. E Deus me diz: “Isso faz parte do aprendizado filha, e depois você tem livre arbítrio, não se esqueça disso!”

Creio que nenhuma folha cai do céu sem que o Senhor permita, mas não consigo deixar de pensar, até quando passarei por tudo isso Senhor? Pois essa dor que tem tomado meu coração, me sufocando por dentro, por vezes tem falado mais alto, e enxergar os propósitos de Deus quando nossa carne está doendo é bem mais difícil. E se já não bastasse ter que enfrentar tantos gigantes, percebo o silêncio do Senhor, e isso me entristece ainda mais. Até quando irei chorar por planos que não deram certo? Mas apesar de tudo, ainda tenho muitos sonhos e expectativas acerca do que o Senhor fará em minha vida. Sinto-me fortalecida por tudo que o Espírito Santo tem gerado dentro de mim, e por isso não abro mão dos planos do Senhor, pois sei que eles são maiores e melhores que os meus. Mas sentir o que sinto agora é inevitável e preciso ser sincera com Deus e comigo mesma.

Sonhos quando não se realizam nos machucam e nos rasgam por dentro.

Hoje foi um dia em que chorei muito. Fico me perguntando? Qual será o legado que vou deixar? O que tenho plantado? O que mais o Senhor quer de mim? Mas com tudo que tenho vivido o que mais me impressiona é perceber que nunca amei tanto a Deus como amo agora. Nunca O senti tão perto e longe ao mesmo tempo. Às vezes sinto sua presença de uma forma tão intensa que mal posso explicar. Não quero ser insensível ao que já tem feito por mim, não posso permitir que tudo aquilo que ainda não possuo tire de mim o espírito de gratidão por tudo que já me destes. Tenho me esforçado para não focar nas coisas que não têm dado certo, e entender que tudo há seu tempo. Sei que não posso retroceder, e não vou! Mas de uma coisa sei, mesmo que minha alma sinta dor, escolherei te amar e te obedecer para sempre Jesus. Perdoa-me por minhas tolices e fraquezas. Peço-te que nunca desista de mim, me deixe tentar até que eu consiga, e me de forças para suportar e vencer o que for preciso.

Fabiana Miranda Vicente
Membro da igreja Batista Portas de Sião em Três Barras – Contagem / MG
Autora do Blog: http://jesusarqueeurespiro.blogspot.com.br/
fabianamvicente@gmail.com
www.facebook.com/fabianamvicente
 https://twitter.com/BIMILAGRES

Eu declaro que vou viver dias de alegria, de paz de saúde, de prosperidade, de amor. Nesses dias, o Senhor mudará a minha sorte e a minha boca se encherá de riso e minha família viverá o melhor de Deus. Em nome de Jesus!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pense

Momentos difícies em nossas vidas podem acontecer a qualque momento. Mas será que sabemos como vamos passar por eles?
Deus amou tanto o mundo de tal que enviou Jesus, através de sua obra redentora podemos alcançar a vitória em todas as áreas de nossas vidas. Restauração familiar, restauração de vidas. Deus quer transformar suas cinzas em Beleza.

"O Espírito do Soberano Senhor está sobre mim porque o Senhor ungiu-me para levar boas notícias aos pobres. Enviou-me para cuidar dos que estão com o coração quebrantado, anunciar liberdade aos cativos e libertação das trevas aos prisioneiros,para proclamar o ano da bondade do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; para consolar todos os que andam tristes,e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória. Is 61.1-3".