14 de julho de 2010

A dor que gera prosperidade



Você já se perguntou do por que de tantas provas e sofrimentos? Você já pensou sobre Deus se agradar por vê-lo em alguns momentos difíceis? Saiba que seu sofrimento está narrado na Bíblia. Quando somos moídos, a prosperidade depois virá para as nossas mãos.
Jesus passou por momentos difíceis que O levaram à morte. Então, se isso foi permitido a Jesus, também será permitido a nós, em outro nível, é claro.  O problema é que muitos pensam que por terem aceitado a Jesus só terão momentos de glória, e isso não é verdade.
O Reino nos alimenta e a Palavra nos estimula a uma vida melhor. Mas em Isaías 53:10, diz que agradou a Deus que Jesus passasse por tudo o que passou quando esteve na Terra. “Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, e prolongará os seus dias; e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão”.
Yeshua pediu a Deus que, se fosse possível, passasse d’Ele o cálice que teria de beber, apesar de saber que precisava cumprir a vontade do Pai. A Bíblia mostra que nem Jesus foi poupado de passar por dificuldades. O Senhor sabe que não é fácil passar por um momento difícil e permanecer na Honra. Contudo, faz-se necessário compreender que a vontade de Deus é que a prosperidade corra em nossas mãos.
Em Isaías 53:11,12 está escrito: Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniqüidades deles levará sobre si. Por isso lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores”.
Descobrimos neste texto que Deus viu que em Jesus havia uma dificuldade dentro da administração dos momentos difíceis, porque ele orou pedindo que, se possível, fizesse com que o cálice – a dificuldade – fosse passado. O grito do Messias mostra que a dificuldade é para todos que se fazem humanos.
Deus, quando se fez homem, passou pelas dificuldades de homem, não foi poupado de nenhuma delas, mesmo sendo o Cristo. Agradou ao Senhor vê-lo passar por tudo o que o que Ele passou, porque todo aquele sofrimento seria revertido em bênçãos, e vidas seriam conquistadas na Cruz do Calvário.
De igual modo, agrada ao Senhor ver você passar pelas dificuldades, porque Ele sabe que elas serão um ponto de contato entre você e o céu, para que a prosperidade corra solto em suas mãos. Talvez você não entenda isso, mas ao abrir a Bíblia, tudo fica mais claro e entendemos que Deus está nos dando essa palavra.
As dificuldades são como feridas que proporcionam cura e posteriormente algo de valor para o viver de cada cristão. É como a ferida de uma ostra que gera pérolas. Deus está gerando pérolas em nosso coração. Suporte as feridas, pois elas trarão valores inestimáveis às nossas vidas.
Ap. Renê Terra Nova

Eu sou uma mulher vitoriosa,virtuosa,sábia,amada,valorizada,abençoada,mais que vencedora,amiga,companheira,prospera em todas as áreas da minha vida.
Ita Costa
.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pense

Momentos difícies em nossas vidas podem acontecer a qualque momento. Mas será que sabemos como vamos passar por eles?
Deus amou tanto o mundo de tal que enviou Jesus, através de sua obra redentora podemos alcançar a vitória em todas as áreas de nossas vidas. Restauração familiar, restauração de vidas. Deus quer transformar suas cinzas em Beleza.

"O Espírito do Soberano Senhor está sobre mim porque o Senhor ungiu-me para levar boas notícias aos pobres. Enviou-me para cuidar dos que estão com o coração quebrantado, anunciar liberdade aos cativos e libertação das trevas aos prisioneiros,para proclamar o ano da bondade do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; para consolar todos os que andam tristes,e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória. Is 61.1-3".